Insights

Tudo sobre o Colóquio Internacional Processos Educacionais e Tecnologias Digitais: Desafios em Tempos de (Pós) Pandemia

0

Nos dias 17 a 18 de novembro de 2020 ocorreu, virtualmente, o Colóquio Internacional Processos Educacionais e Tecnologias Digitais: Desafios em Tempos de (Pós) Pandemia.

O evento foi promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação e pela Área do Conhecimento de Humanidades da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e teve como objetivo reunir educadores interessados em refletir acerca dos desafios enfrentados no período de e pós-pandemia de coronavírus, quando da condução de processos educacionais apoiados em tecnologias digitais.

Renomados palestrantes nacionais e internacionais, dos Estados Unidos e de Portugal, participaram do encontro. Entre os temas discutidos estavam:

  • Do Ensino Remoto ao Ensino Híbrido;
  • Tecnologias Assistivas e a Pessoa com Deficiência;
  • Do Acesso ao Conteúdo Digital à Aquisição de Libras;
  • e Metodologias Ativas na e Pós-Pandemia.

O evento foi transmitido pelo canal EAD UCS no YouTube.

Além do apoio dos técnicos do Centro de Inovação e de Tecnologias Educacionais (CINTED) da UCS, coordenados pela Maria de Fátima Webber do Prado Lima, o evento contou com o suporte do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed), do Instituto Casa Grande, da Assistiva Tecnologia e Educação, do Grupo A Educação e do Escritório Education USA. A apresentação foi realizada pela mestre de cerimônia Márcia Quadros e todas as palestras dispunham de tradutores-intérpretes de Libras, do Programa de Integração e Mediação do Acadêmico (PIMA) da UCS: Ana Lúcia Gil Terres,  Aline Cardoso da Silva, Cristiane Casara, Ediele Araujo, Greice Boschetti e Natali Bonetti.

Leia mais: Como utilizar a “pedagogia do TikTok” em aula

Como foi o evento

Na abertura dos dois dias ocorreram apresentações culturais. No dia 17,  Kauan Boell Cerbaro apresentou um pot pourri da cultura gaúcha por meio de gaita, uma vez que o evento online recebeu participantes de todo o Brasil e palestrantes internacionais.

Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS e do evento, professora Carla Beatris Valentini; Intérprete de Libras; palestrante Viviane Mosé e o responsável pela comissão organizadora do evento, o pós-doutorando Ygor Corrêa. Créditos: Print da tela de transmissão.

Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS e do evento, professora Carla Beatris Valentini; Intérprete de Libras; palestrante Viviane Mosé e o responsável pela comissão organizadora do evento, o pós-doutorando Ygor Corrêa. Créditos: Print da tela de transmissão.

No dia 18, foi exibido um vídeo produzido pelos estudantes do CETEC, do Ensino Médio e Técnico profissionalizante, mantido pela Fundação Universidade de Caxias do Sul. O vídeo fez homenagem ao maestro João Carlos Martins, sendo um recorte das 6 horas, distribuídas em 3 noites de apresentações, organizadas pelos estudantes durante evento conhecido como “CETEC Festival”.

Este foi realizado durante 24 anos, presencialmente, em um teatro e em 2020, em razão da pandemia, foi reinventado, mas manteve a autonomia e o protagonismo dos estudantes no processo de criação e aprendizagem, com a orientação de seus professores, também explorando as tecnologias digitais.

A abertura do evento contou com a participação do professor, pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Juliano Rodrigues Gimenez, representando a UCS; da professora Nilda Stecanela, pró-reitora acadêmica da UCS; da professora Lilia Kanan, pró-reitora de pesquisa, extensão e pós-graduação da Uniplac; do diretor da Área do Conhecimento de Humanidades, professor Everaldo Cescon; do coordenador de  pós-graduação stricto sensu da UCS, professor Fabiano Larentis; do coordenador do programa de pós-graduação em educação da Uniplac, professor Jaime Dresch; da coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS e do evento, professora Carla Beatris Valentini; e do responsável pela comissão organizadora do evento, o pós-doutorando Ygor Corrêa.

A palestra de abertura, às 14h do dia 17 de novembro, foi proferida pela professora Viviane Mosé. Poetisa, filósofa, psicóloga, psicanalista e especialista em elaboração e implementação de políticas públicas, mestre e doutora em Filosofia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), abordou os desafios educacionais frente à pandemia.

Em seguida, as professoras Vanice dos Santos e Madalena da Silva, do Programa de Pós-graduação em Educação da Uniplac, fizeram a apresentação dos palestrantes e a mediação da palestra “Do Ensino Remoto ao Ensino Híbrido”, exposta pelo professor José António Marques Moreira, pós-doutor em Ciências da Educação, especialidade em Tecnologias Educacionais e da Comunicação, pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação e doutor  em Ciências Sociais-Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra; e pelo professor Fernando de Mello Trevisani, Mestre em Tecnologias Educacionais e Educação Matemática  e especialista em Educação Inovadora: Design, Autoria, Didática e Tecnologia.

Palestrante professor José António Marques Moreira; Palestrante professor Fernando de Mello Trevisani, Intérprete de Libras; Mediadoras professoras do Programa de Pós-graduação em Educação da Uniplac:  Vanice dos Santos e Madalena da Silva.

Palestrante professor José António Marques Moreira; Palestrante professor Fernando de Mello Trevisani, Intérprete de Libras; Mediadoras professoras do Programa de Pós-graduação em Educação da Uniplac:  Vanice dos Santos e Madalena da Silva.

A segunda palestra, das 17h às 19h, intitulada “Tecnologia Assistiva e a Pessoa com Deficiência”, foi proferida por Rita De Cássia Reckziegel Bersch, Mestre em Design pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) com pesquisa no tema da Tecnologia Assistiva, sócia fundadora da Assistiva Tecnologia e Educação e presidente da International Society for Augmentative and Alternative Communication (ISAAC-Brasil); e por Renata Costa de Sá Bonotto, Doutora em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), faz parte do conselho consultivo e científico da ISAAC-Brasil. Neste momento a mediação foi realizada pela fonoaudióloga e psicopedagoga no espaço clínico Crer e Criar, Caroline Carminatti Scussiatto, e da pós-doutoranda e professora Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS),  Adriana Ferreira Boeira.

Mediadora professora do IFRS Adriana Ferreira Boeira; Palestrante professora  Rita De Cássia Reckziegel Bersch; Mediadora fonoaudióloga e psicopedagoga Caroline Carminatti Scussiatto; Intérprete de Libras;  Palestrante professora  Renata Costa de Sá Bonotto.

Mediadora professora do IFRS Adriana Ferreira Boeira; Palestrante professora  Rita De Cássia Reckziegel Bersch; Mediadora fonoaudióloga e psicopedagoga Caroline Carminatti Scussiatto; Intérprete de Libras;  Palestrante professora  Renata Costa de Sá Bonotto.

No dia 18 de novembro, das 14h às 16h, sob a mediação das professoras do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS Carla Beatris Valentini e Claudia Bisol, a palestra “Do Acesso ao Conteúdo Digital à Aquisição de Libras” contou com a exposição de Ronice Müller de Quadros, docente e pesquisadora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com Pós-doutorado na Harvard University  e Doutora em Linguística pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS); e de Mariana de Lima Isaac Leandro Campos, Doutora em Educação Especial e professora da Universidade Federal de São Carlos.

Mediadora professora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS Claudia Bisol; Palestrante professora  Mariana de Lima Isaac Leandro Campos; Intérprete de Libras; Palestrante professora  Ronice Müller de Quadros.

Mediadora professora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS Claudia Bisol; Palestrante professora  Mariana de Lima Isaac Leandro Campos; Intérprete de Libras; Palestrante professora  Ronice Müller de Quadros.

A última palestra do evento, das 18h às 20h, “Metodologias Ativas na e Pós Pandemia”, com a tradução consecutiva da professora Sabrina Bonqueves Fadanelli, da Education USA, teve a exposição de Jonathan Bergmann, Mestre Tecnologia Educacional, desenvolvedor do método de sala de aula invertida e professor de química da Houston Christian High School, em Houston, no Texas, nos Estados Unidos da América; e do professor José Manuel Moran, Doutor em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo, pesquisador, conferencista e orientador de projetos de transformação da educação com metodologias ativas e modelos híbridos. A mediação foi feita pela professora Cristina Maria Pescador e pelo professor pós-doutorando Ygor Corrêa, do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS.

Mediadora professora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS Cristina Maria Pescador; Intérprete de Libras; Palestrante professor  Jonathan Bergmann; Palestrante professor José Manuel Moran Costas.

Mediadora professora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS Cristina Maria Pescador; Intérprete de Libras; Palestrante professor  Jonathan Bergmann; Palestrante professor José Manuel Moran Costas.

Em todas as palestras houve espaço para perguntas, registradas pelos participantes no chat de conversação do YouTube, com o intuito de proporcionar um diálogo com os convidados.

Ao final das palestras, sob responsabilidade de Lilibth Wilmsen, Arlene Arruda, Caroline Kloss e Márcia Boell, foram realizados sorteios dos livros  “Ensino híbrido” de Lilian Bacich, Adolfo Tanzi Neto e Fernando de Mello Trevisani;  “Dificuldades de aprendizagem de A a Z: guia completo para educadores e pais” de Corinne Smith e Lisa Strick, “Língua brasileira de sinais e tecnologias digitais” de Ygor Corrêa e Carina Rebello Cruz,  “Língua de herança: língua brasileira de sinais” de Ronice Müller de Quadros,  “Aprendizagem invertida para resolver o problema do dever de casa” de Jonathan Bergmann e coleção “Desafios da Educação” de Rui Fava, Lilian Bacich, José Moran, Jonathan Bergmann, Fausto F. Camargo, Thuinie M. Daros e Ricardo Fragelli.

Também, ao final de cada palestra foi informado, pelo chat do canal de transmissão, o link do formulário para registro das presença e avaliação do encontro pelos participantes.

Todos os inscritos receberam cupom de 40% de desconto para compra de livros de qualquer dos selos da editora Grupo A. Foram conferidos certificados digitais, enviados por e-mail, aos participantes inscritos, totalizando 10 horas válidas como atividades complementares.

A comissão organizadora agradece a participação de todos àqueles  que possibilitaram a realização deste Evento, apoiadores, participantes e convidados.

  • Carla Beatris Valentini – Professora, Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UCS (PPGEDU-UCS) e do Evento
  • Cristina Maria Pescador – Professora PPGEDU-UCS
  • Ygor Corrêa – Pós-Doutorando PNPD/UCS
  • Adriana Ferreira Boeira – Pós-Doutoranda, Professora Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS)
  • Caroline Kloss – Doutoranda PPGEDU-UCS
  • Márcia Boell – Doutoranda PPGEDU-UCS
  • Arlene Arruda – Doutoranda PPGEDU-UCS
  • Lilibth Wilmsen – Mestranda PPGEDU-UCS
  • Vanice dos Santos – Professora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Planalto Catarinense (PPGEDU-Uniplac)
  • Madalena da Silva – Professora do PPGEDU-Uniplac

Leia mais: O ensino superior depois da pandemia

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.