EADMercado

Os planos da Cruzeiro do Sul para mestrados EAD

7

A experiência com cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado, doutorado e pós-doutorado), a crescente demanda de alunos em várias regiões do Brasil e a exigência do mercado por educação continuada estão entre as razões que levaram a Universidade Cruzeiro do Sul a apostar em mestrados EAD.

A ideia era avaliada pela IES desde 2017, mas só se concretizou em proposta enviada à Capes dois anos depois – após a regulamentação da modalidade a distância para mestrados e doutorados. O primeiro projeto em análise é um mestrado EAD em Estudos da Linguagem.

“Tendo em vista a necessidade da formação de quadros de qualidade para atuar nos diversos níveis de ensino e em outras áreas que demandam um maior conhecimento linguístico, optou-se por um curso em uma área em que a Universidade Cruzeiro do Sul já tem experiência e com resultados bastante expressivos”, Tania Cristina Pithon-Curi, pró-reitora de pós-graduação e pesquisa da instituição, disse ao Desafios da Educação.

Tania Cristina Pithon-Curi, pró-reitora de pós-graduação e pesquisa da Universidade Cruzeiro do Sul. Créditos: divulgação

“É uma opção que considera, em particular, a imperiosa necessidade de os cursos de mestrado engajarem-se na melhoria do ensino básico.”

Segundo a Capes, órgão ligado ao MEC que regula a pós-graduação no país, a deliberação dessa e de outras propostas de mestrado a distância devem ocorrer a partir de abril de 2020. No total foram 17 submissões do tipo à Avaliação de Propostas de Cursos Novos (APCN).

Leia mais: Em 2020, Brasil poderá ter até 17 cursos de mestrado EAD

Se o projeto da Cruzeiro do Sul for deferido, a ideia é implementar o curso de forma gradual – começando pelo Campus Liberdade e pela sede da Cruzeiro do Sul Virtual, no Tatuapé, ambas na capital paulista.

Na última década, o mestrado em Linguística – do qual deriva o mestrado EAD em Estudos da Linguagem – titulou 171 alunos. Nesse período, a Cruzeiro do Sul tem figurado entre as melhores universidades privadas do país em pesquisa científica – segundo o RUF, o Ranking Universitário Folha. A instituição também obteve o conceito 5 do MEC no quesito EAD.

Campus Liberdade da Universidade Cruzeiro do Sul.

A expectativa para os Mestrados EAD

A interiorização da pós-graduação no país entre as vantagens da nova modalidade de cursos strictu sensu, conforme especialistas. Isso tende a diminuir a necessidade de deslocamento, custos e tempo de permanência dos alunos nos grades centros.

mestrado ead 2020

Arte: Capes.

O alternativa é de grande interesse, especialmente para a população das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país – segundo dados de pesquisa da plataforma Google Trends. Já a Capes entende que os cursos de mestrado EAD ajudarão na formação continuada de professores, melhorando a qualidade do ensino básico no país.

A modalidade a distância para mestrados e doutorados foi regulamentada pela Capes em dezembro de 2018, mas somente propostas de mestrado foram aceitas no ano seguinte. A solicitação para criação de doutorado a distância só será liberada após a primeira avaliação dos cursos de mestrado.

Além da Cruzeiro do Sul, os grupos Yduqs (antiga Estácio) e Ser Educacional também manifestaram interesse na modalidade. É preciso atender uma série de critérios para a aprovação do curso, o que inclui ter IGC igual ou superior a 4.

Leia mais: Mestrados e doutorados EAD: os efeitos da nova medida da Capes

Sobre a Cruzeiro do Sul

A IES pertence à Cruzeiro do Sul Educacional, que está entre os cinco maiores grupos de ensino superior do país. A empresa tem entre os acionistas o GIC, fundo soberano de Singapura (com cerca de 40%), além das famílias Figueiredo e Padovesi.

Entre as marcas do grupo estão instituições de ensino fundamental, técnico e superior, como Unifran, UDF, FASS, Cenusp e Cruzeiro do Sul Virtual – que tem cerca de 1 mil polos EAD no país.

O grupo passa por um forte processo de expansão no ensino superior, através de aquisições. Em 2018, comprou os centros universitários Unipê, de João Pessoa (PB), e FSG, de Bento Gonçalves (RS). No ano seguinte, a IES adquiriu a Universidade Braz Cubas, em Mogi das Cruzes (SP), e mais recentemente a Universidade Positivo, do Paraná.

Confira a série “Tendências da educação para 2020” 

Leonardo Pujol
Leonardo Pujol é editor do Desafios da Educação e sócio-diretor da República – Agência de Conteúdo.

VOCÊ PODE GOSTAR

7 Comentários

  1. Em Cuiabá tem pólo EaD de mestrado?
    Tenho interesse em fazer na área de linguagem matemática.

  2. Vivemos em uma sociedade que está progredindo na área de inclusão mas ainda temos muito o que fazer.
    Portanto, senhores responsáveis é de extrema importância que disponibilizem o mestrado em Educação Especial Inclusiva e língua brasileira de sinais LIBRAS.
    Serei grata.
    É espero ansiosa por esta nova oportunidade.

  3. oi tenho interesse quando começa ?

  4. O pessoal faz perguntas que já estão respondidas no texto. Dificuldades para interpretar um texto simples e quem se aventurar na pesquisa científica….

    1. fiquei pensando a mesma coisa… se não consegue interpretar uma matéria,,,

  5. Gostaria de saber se esta instituição possui mestrado na área social EAD? Grata.

  6. Eu tenho interesse e gostaria que fizessem contato

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.