Ensino Básico

Infográfico: o cronograma de implementação do Novo Ensino Médio

0

Com carga horária maior e diferentes possibilidades de formação, o Novo Ensino Médio será realidade nas escolas públicas e privadas do Brasil a partir de 2022. Essa é a previsão do Ministério da Educação (MEC), que anunciou o calendário de implementação em julho. A portaria com todas as orientações está publicada no Diário Oficial da União.

De acordo com o cronograma, a implementação do Novo Ensino Médio começa no ano que vem, de forma escalonada, começando pela 1ª série. Em 2023 a reforma atinge a 2ª série. O ciclo de implementação nos três anos do ensino médio se completa em 2024.

A reforma do ensino médio dá flexibilidade ao currículo, com a criação dos “itinerários formativos”. A escola precisa criar diferentes áreas de aprofundamento e dar ao aluno a chance de optar pela trilha que melhor combina com seus interesses.

Os itinerários formativos são: linguagens e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias, ciências humanas e sociais aplicadas e formação técnica e profissional. Mais de uma opção pode ser criada dentro de cada itinerário. No estado de São Paulo, por exemplo, serão 12 cursos.

O Novo Ensino Médio também inclui a ampliação da carga horária mínima de aula, que passa das atuais 800 horas para 1.000 horas anuais. Todas as mudanças devem estar alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

As alterações são de responsabilidade dos estados. Cada ente da federação deve submeter um plano de implementação do Novo Ensino Médio à análise do Conselho Nacional de Educação (CNE). Além de São Paulo, Distrito Federal, Pernambuco e mais nove estados já tiveram os planos homologados. Enquanto este texto era escrito, sete ainda estavam em fase de desenvolvimento dos referenciais curriculares; oito tinham enviado o plano para o CNE e aguardavam o resultado.

Com as mudanças, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será atualizado. Atualmente, há uma prova única baseada em quatro áreas do conhecimento. Para 2024, a previsão é que uma parte do Enem seja aplicada de acordo com o itinerário formativo de cada estudante.

A seguir, confira o cronograma completo de implementação do Novo Ensino Médio.

 

Redação Pátio
A redação da Pátio – Revista Pedagógica é formada por jornalistas do portal Desafios da Educação e educadores das áreas de ensino infantil, fundamental e médio.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.