Capacitação Docente

Livro apresenta 10 métodos para ensinar competências em sala de aula

0
Em novo livro, autores propõe desenvolver métodos eficazes de ensinar competências em sala de aula. Crédito: Unsplash.

Em novo livro, autores propõe desenvolver métodos eficazes de ensinar competências em sala de aula. Crédito: Unsplash.

Nos últimos anos – especialmente com estruturação da BNCC, a Base Nacional Comum Curricular, da reforma que criou o Novo Ensino Médio e as DCN’s (Diretrizes Curriculares Nacionais) do ensino superior –, cresceu a popularidade do desenvolvimento de competências nos currículos e nos cursos de formação de professores.

Mas o que isso quer dizer? Quais competências e habilidades são essas? Trata-se um novo conteúdo de aprendizagem? Envolve uma nova maneira de ensinar?

As respostas estão no livro Métodos para ensinar competências. Lançado pela Penso em 2020, durante a pandemia, o livro explora dez métodos de aprendizagem, fornecendo uma visão geral das várias possibilidades para o ensino de competências e habilidades em sala de aula.

Ensinando competências

A obra é escrita pelos professores da universidade de Barcelona Antoni Zabala, um dos mais importantes pesquisadores e divulgadores dos fundamentos do construtivismo escolar, e Laia Arnau, que atua na área da formação, avaliação e desenvolvimento de competências profissionais.

O objetivo dos autores é mostrar que, para estabelecer métodos de ensino apropriados ao desenvolvimento de competências, é preciso antes recorrer ao conhecimento existente sobre como as pessoas aprendem.

Leia mais: Como os professores aprendem as competências que precisam ensinar

Segundo Zabala e Arnau, o ensino das competências deve ser moldado por um conjunto de componentes – que, embora distintos, devem estar integrados à aprendizagem. Sendo assim, os 10 métodos para ensinar competências incluem:

ProjetosO método de projetos tem um caráter claro de desenvolvimento democrático e de envolvimento e compromisso social dos alunos. A aprendizagem baseada em projetos (ABP ou PBL, na sigla em inglês) estimula competências profissionais, interpessoais e pessoais.

Centros de interesse As propostas desse método partem da necessidade de transformar os fundamentos da escola tradicional e substituí-los por propostas totalmente diferentes. A ideia surgiu após uma análise que considera a escola responsável pelos males da sociedade.

Pesquisa do meio tenta transformar a escola em uma instituição na qual o aluno coloca toda a bagagem cultural ao alcance dos outros para conseguir conhecer o mundo cientificamente. A pesquisa se baseia na ideia de que os alunos conhecem e contribuem para a escola com uma grande quantidade de conhecimento aprendida naturalmente, a partir de sua própria experimentação.

Projetos de trabalhos globais A ideia central é a convicção de que o desenvolvimento das quatro principais competências linguísticas – ler, escrever, escutar e falar – é favorecido quando realizado em situações reais de comunicação.

Leia mais: Conheça os livros da série Desafios da Educação

Estudo de caso – método planejado para que os alunos busquem solução para uma situação específica e a defendam. O estudo de caso começa com a descrição de uma situação real na qual decisões devem ser tomadas ou algum problema deve ser resolvido.

Aprendizagem baseada em problemas – consiste em um método em que os alunos têm de resolver os problemas colocados por um assunto ou uma situação do mundo real. O objetivo fundamental é ajudar os alunos a desenvolver competências que permitissem resolver problemas de forma eficaz a partir da aprendizagem autogerenciada, colaboração e motivação intrínseca.

Role-playingtécnica derivada do psicodrama e do sócio-drama, que consiste na representação ou dramatização de uma situação. O objetivo é reeducar a espontaneidade a partir do vínculo com a criatividade e a convivência em grupos de trabalho.

Simulação consiste em colocar os alunos diante de uma condição ou contexto que imite aspectos relevantes da realidade e desenvolva, nesse ambiente, situações-problema ou exigências próprias da disciplina e que requerem que o aluno desenvolva a competência que está sendo objeto de desenvolvimento e avaliação.

Aprendizagem-serviço – método pelo qual estudantes aprendem e se desenvolvem por meio da participação em um serviço realizado em uma comunidade. Onde se pode desenvolver a consciência dos deveres cívicos;

Aprendizagem produtiva – é um método de ensino que tem como núcleo a construção de um produto pelos alunos, em um contexto formativo e profissional especificamente selecionado para esse objetivo.

Leia mais: Uma análise do conceito de competências na BNCC

Além da análise e da atualização dos métodos à luz do conhecimento atual sobre os processos de aprendizagem, Métodos para ensinar competências apresenta uma estrutura comum e inclui vários exemplos de sequências didáticas para aplicá-los.

Título: Métodos para ensinar competências

Autor: Antoni Zabala , Laia Arnau

Editora: Selo Penso

Ano: 2020

N° de páginas: 200

Preço médio: R$ 72,00

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.