Ensino Básico

Meu filho completou 4 anos em fevereiro. Ele é obrigado a fazer o ano letivo de 2020?

0
Obrigatoriedade escolar aos quatro anos de idade existe, mas depende da data de aniversário. Crédito: Pixabay.

Obrigatoriedade escolar aos quatro anos de idade existe, mas depende da data de aniversário. Crédito: Pixabay.

Um leitor do portal Desafios da Educação enviou, por e-mail, a seguinte dúvida: Meu filho completou 4 anos no dia 02/02/2020″. Ele obrigatoriamente deve estudar todo o ano letivo de 2020?

Caro leitor, a resposta para o seu caso é sim: seu filho deve continuar matriculado.

A questão da idade gerou muito debate no passado. A orientação final foi dada em agosto de 2018, quando por 6 votos a 5 o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu o corte etário para o ingresso no ensino infantil e no ensino fundamental. A data de corte é 31 de março.

Sendo assim:

  • Para ingressar no ensino infantil, crianças precisam ter quatro anos completos até 31 de março;
  • Para o ingresso no 1º ano do ensino fundamental, é preciso ter seis anos até 31 de março.

Crianças que completaram quatro anos a partir de 1º de abril, portanto, ficam dispensadas da obrigatoriedade de estar matriculada em uma escola. O que, para muitos pais em crise financeira, é um alento.

Portanto se você está pensando em tirar seu filho (a) da escola infantil, fique atento: crianças com de 4 anos de idade completados até 31 de março de 2020 ou no ano anterior precisam estar matriculadas. Do contrário, os responsáveis pode ser denunciados ao Conselho Tutelar e, numa medida extrema, responder por crime de abandono intelectual, previsto no código penal.


TEM UMA PERGUNTA PARA O DESAFIOS DA EDUCAÇÃO?

Envie para nossa coluna de conselhos QUESTÃO DE EDUCAÇÃO através do e-mail redacao@desafiosdaeducacao.com.br ou pelas redes sociais – estamos no Facebook Instagram , Linkedin Twitter  e YouTube. Abrimos ESTE ESPAÇO para tirar dúvidas de gestores, professores, pais e alunos em questões pertinentes à educação.

Leia também

>> O ano letivo está perdido para o coronavírus? Claudia Costin diz que não

>> Sou legalmente obrigado a “enviar” meu filho para a escola online?

>> Guerra das mensalidades: a saúde financeira das escolas e das famílias

>> Posso perder a bolsa de estudos se não fizer as tarefas online durante a quarentena?

>> Posso interromper o professor durante a aula online do meu filho?

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.