Mercado

No Reino Unido, universidades esperam 230 mil alunos a menos depois da crise

0

Um relatório recente da London Economics for the University and College Union sugere que a crise desencadeada pelo novo coronavírus fará com que as universidades do Reino Unido percam 230 mil alunos, mais da metade deles de países estrangeiros. Em termos financeiros, uma evasão dessa magnitude derreteria o setor.

Estamos falando de queda no faturamento de 2,4 bilhões de libras – ou R$ 16,6 bilhões, em valores atualizados. Apenas os estrangeiros fariam o setor perder 1,5 bilhão de libras (R$ 10 bi). Ao prejuízo, some-se 350 milhões de libras (R$ 2,3 bi) dos estudantes da União Europeia e 612 milhões de libras (R$ 4,1 bi) de alunos do Reino Unido. As informações são do jornal The Guardian.

 Universidade de Oxford, na Inglaterra (Foto: Unsplash)

Universidade de Oxford, na Inglaterra. Crédito: Unsplash.

O relatório aponta que 91 das 125 universidades listadas sofreriam quedas substanciais na renda, deixando-as em situação financeira crítica. Nesse caso, a renda apenas cobriria as despesas. Os autores do relatório também estimam que, sem o apoio financeiro do governo, mais de 60 mil empregos seriam perdidos – tanto nas universidades quanto nas economias locais que os cercam.

O aporte que se discute gira em torno de 6 bilhões de libras, ou quase R$ 40,5 bilhões. Isso partindo da ideia de que as universidades do Reino Unido voltarão a oferecer às atividades em setembro – o que, por ora, é mera especulação. O montante apenas cobriria o rombo das mensalidades no médio prazo. Não inclui no cálculo outras perdas relacionadas a receitas e atividades de pesquisa, como acomodações e conferências.

O relatório acaba por aumentar a pressão sobre o governo do Reino Unido para oferecer maior garantia às faculdades e universidades, ajudando-as a proteger empregos e a descartarem o fechamento de unidades. Por outro lado, críticos mais pragmáticos dizem que ainda é cedo demais para o governo se comprometer com um valor tão vultuoso.

Leia mais: Universidades americanas podem suspender aulas até 2021

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.