AvaliaçãoEnsino Básico

“Mapas de Foco” da BNCC avaliam impacto da pandemia na aprendizagem dos alunos

0

E lá se foram seis meses sem as aulas presenciais. O foco atual é arrumar a casa para quando as aulas presenciais forem viáveis novamente. Mas como avaliar de maneira eficaz o que os estudantes aprenderam durante o ensino remoto emergencial? A solução pode estar no Mapas de Foco, instrumento construído de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O novo instrumento é separado por áreas (Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Matemática e Linguagens) e contém explicações e uma planilha de apoio para a navegação pelas habilidades classificadas como focais do ensino fundamental.

É nesse conjunto que os professores encontrarão as diretrizes delineadas de como os conteúdos serão repostos ou ajustados para facilitar o retorno às aulas presenciais, segundo o Instituto Reúna, um dos criadores dos Mapas de Foco. Os detalhamentos são explicados ano a ano.

“Dessa forma, é possível fazer uma redução dos impactos da implementação que ficará um pouco comprometida na volta à escola”, explicou Katia Smole, ex-secretária de Educação Básica do Ministério da Educação, durante uma live transmitida pelo portal Desafios da Educação.

Os Mapas de Foco foram criados pelo Instituto Reúna e a Fundação Itaú Social. A previsão é que sejam publicados ainda em setembro numa versão diagramada, que facilite o entendimento sobre a progressão das aprendizagens ano a ano.

Para os organizadores, o produto é uma inovação pedagógica para reduzir os déficits de aprendizagem dos estudantes, em projetos que têm o objetivo diminuir o distanciamento entre as expectativas de aprendizagem previstas no currículo e BNCC e suas defasagens reais.

Leia mais: Bolsonaro autoriza flexibilização do ano letivo de 2020

Redação Pátio
A redação da Pátio – Revista Pedagógica é formada por jornalistas do portal Desafios da Educação e educadores das áreas de ensino infantil, fundamental e médio.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.