Mercado

Ser Educacional e Cruzeiro do Sul demonstram interesse na Laureate

0

Os grupos Ser Educacional e Cruzeiro do Sul estão de olho nos ativos da Laureate – que, no Brasil, inclui instituições distribuídas em várias regiões. Entre elas, a Anhembi Morumbi e a FMU, em São Paulo, a IBMR, no Rio, a UnP, em Natal (RN), a Unifacs, em Salvador (BA), e a UniRitter, no Rio Grande do Sul. No total, a Laureate tem 270 mil alunos no país.

O interesse da Ser Educacional se confirmou em fato relevante publicado nesta segunda-feira (20). Já a intenção da Cruzeiro da Sul foi confirmada por fontes do setor ao jornal Valor Econômico.

UniRitter, em Porto Alegre (RS): ativos da Laureate no Brasil incluem 270 mil alunos em instituições de várias regiões. Crédito: divulgação.

A Laureate International Universities havia informado ao mercado o interesse em se desfazer dos seus ativos no mundo – que, no total, somam 875 mil estudantes em 25 instituições de 10 países como Peru, Estados Unidos, México, Austrália e Reino Unido.

A ideia inicial era vender o grupo todo, ou em grandes blocos. Diante da complexidade da operação, em razão do tamanho do grupo e do momento do mercado, optou-se por uma venda país a país.

A operação brasileira é uma das maiores da Laureate.

O grupo americano contratou a Goldman Sachs para liderar o processo no Brasil. As ofertas, segundo o Valor, poderiam vir de grupos de ensino consolidadores em parceria com fundos de private equity com interesse em investimento de longo prazo.

O setor de ensino superior deve enfrentar um ano complicado, sem crescimento orgânico e com aumento de inadimplência e evasão. Neste cenário, grupos capitalizados e investidores de longo prazo poderiam crescer por aquisição.

Leia mais: O ensino superior depois do vírus 

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.