Soft Skills

Desafios da Educação cria editoria para estimular desenvolvimento de soft skills

0

Soft skills é o nome da nova editoria do portal Desafios da Educação. O espaço vai concentrar todas as reportagens, artigos e entrevistas relacionadas ao desenvolvimento de competências e habilidades sociais, emocionais e comportamentais.

A nova editoria tem o apoio da Slash Education, plataforma de educação continuada voltada para o desenvolvimento de soft skills.

O manifesto da Slash Education cita o conceito de Eu, não robô. “O nome é bastante sugestivo para refletirmos sobre o presente que se aproxima e tem seu status atualizado em tempo real: tudo ao mesmo tempo e agora.

“Temos a sensação recorrente de estar sempre ocupados, atrasados, desatualizados, procurando entender como ser e fazer diante de tantas possibilidades. Muitas delas, inclusive, os robôs já estão fazendo por nós. Quem diria que o chefe de um motorista de aplicativo como o Uber seria um algoritmo?

Leia mais: As previsões de Yuval Harari sobre educação e trabalho em 2050

O maior desafio da educação é interpretar esse espírito do tempo. Conseguiremos nós, humanos do século 21, desenvolver humanidade aumentada para nos diferenciarmos das máquinas?

Em 2022, 42% das atividades serão realizadas por não-humanos no trabalho. Em 2025 esse dado passará de 50% (Gartner, 2018). Já temos robôs enfermeiras, pets e concierges convivendo conosco e isso será cada vez mais comum.

Somos humanos, demasiado humanos, já escreveu Nietzsche em 1872. E nossa oportunidade é ensinar e aprender o que os robôs não conseguirão fazer. É instigar a pensar além do código. Afinal, se os robôs estão sempre aprendendo (machine learning), quem está ensinando? E como?

Você certamente já teve em sua vida um momento ‘e agora?’. Aquela situação que foge do seu controle, por mais que você tenha sido ‘treinado’.

Para o momento, nasce a Eu, não robô – com o objetivo de tratar essencialmente de soft skills, ou habilidades de primeira camada. Como ter inteligência emocional diante do que dá errado? Como resolver problemas complexos e sem fórmula? Será que somos criativos o suficiente para criar o novo? Em que nos baseamos para tomar nossas decisões? Como gerenciamos as pessoas em prol de um objetivo comum? Temos capacidade de mudar a nossa maneira de pensar sobre uma crença fixa?

Todas essas perguntas fundamentais serão tema desta editoria.

Sem dúvidas, vivemos um novo tempo e a educação entra em uma nova era, mais fluída, orgânica, coletiva e inspiracional.”

Leia mais: As principais tendências da educação para 2020

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.