Avaliação

Pandemia prorroga Enade 2020: saiba quando será o exame

0

As mudanças no calendário das instituições de ensino superior (IES), provocadas pela atual pandemia, alteraram a edição de 2020 do Enade. O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, programado para ocorrer em novembro, será aplicado em junho de 2021.

Essa é a previsão de Moacir Alves Carneiro, diretor de avaliação da educação superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Ele confirmou a prorrogação do Enade 2020 durante um bate-papo on-line promovido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), feito na terça-feira, 7 de julho.

O exame vai avaliar estudantes de 30 cursos de graduação em áreas de conhecimento do ano 2 do Ciclo Avaliativo.

Leia também: Enem será nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021

O Inep informou que está em fase final de redação do edital com as novas datas e critérios excepcionais para a edição do exame.

“Quando acontece uma situação de excepcionalidade como a que vivemos, isso repercute na rotina das IES. Então, é preciso mudar as lentes de observação do processo de avaliação. O caráter de excepcionalidade não significa dizer que a avaliação deixará de ser feita”, afirmou Moacir Alves.

A ideia é que, em junho de 2021, participem do Enade os “estudantes que tenham integralizado cerca de 80% das suas disciplinas até julho ou os possíveis formandos até dezembro de 2021”, segundo Fernanda Marsaro, coordenadora-geral de Controle de Qualidade da Educação Superior.

Alunos que completam a graduação em dezembro deste ano não são mais objetos da avaliação e estarão dispensados da exigência em seus currículos acadêmicos, informou a ABMES. “Ele vai colar grau normalmente, como aluno regular. Vamos mudar a regra”, disse Marsaro.

As alterações são exclusivamente para o Enade previsto para 2020. Segundo Tarcísio Ribeiro, coordenador-geral do Enade, não está descartada a possibilidade de que a prova de novembro de 2021 seja antecipada e realizada em conjunto com a de 2020.

“Estamos estudando a possibilidade de realizar em uma só data para otimizar os recursos públicos empregados na aplicação das provas”, disse.

O Enade começou a ser aplicado em 2004 e, atualmente, é o principal indicador de performance das IES brasileiras. Por meio das notas do exame, as instituições verificam o andamento dos projetos pedagógicos. O governo federal utiliza os resultados para desenhar políticas públicas de educação.

Leia mais: É seguro reabrir escolas? Veja o que dizem especialistas em saúde

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.