Ensino Superior

Soluções EaD avançam na área do ensino de Psicologia

0

Atualmente, o ensino superior passa por grandes transformações no Brasil, com destaque para a utilização da tecnologia para aprimorar o processo de aprendizagem. Neste cenário, as instituições de ensino têm aprimorado suas práticas relacionadas ao ensino remoto e aos estudos on line, utilizando objetos de aprendizagem, laboratórios virtuais e ambientes imersivos.

Além disso, elas investem na capacitação dos professores e tutores para que os cursos cumpram a sua proposta pedagógica de formação acadêmica de qualidade, aliando recursos tecnológicos e de comunicação no apoio ao processo de ensino.

As tecnologias são utilizadas para complementar o conteúdo presencial. Mais do que isso, o objetivo é desenvolver novas opções de aprendizado na graduação em Psicologia – que soma 270 mil matrículas, de acordo com o último Censo de Educação Superior divulgado pelo INEP, com dados de 2019.

A graduação de Psicologia é oferecida em aproximadamente 560 instituições de ensino. Ao seguir a legislação atual, estão registrados no MEC como presenciais. Em paralelo, conteúdos e metodologias ativas ofertadas pelas plataformas de EaD podem atingir de 20% a no máximo 40% da carga horária, dependendo dos requisitos preenchidos pelas instituições.

Contudo, o interesse dos estudantes da área pelas ferramentas digitais é cada vez maior. A Psicologia é um dos 20 cursos que registram maior presença nos aplicativos de busca da internet, conforme o Mapa do Ensino Superior do Brasil 2020, elaborado pelo Instituto Semesp.

Quanto a aplicação da tecnologia poderá evoluir como ferramenta pedagógica na área de Psicologia? Esse é um debate que está sendo construído pelos diferentes atores que fazem parte do processo.

“Estamos atentos à discussão na esteira do desenvolvimento institucional e sempre predispostos a escutar os interlocutores para observar como transcorrerá a regulamentação das plataformas tecnológicas nos cursos de Psicologia”, afirma Ana Elisa Pascottini, especialista acadêmica da Sagah, empresa que desenvolve conteúdo, tecnologia e serviços de EaD.

Ela acrescenta que, em qualquer situação, é imprescindível atender rigorosamente às normas estabelecidas pelas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs).

Desafios estimulam pensamento reflexivo

Seja como for, a tecnologia é hoje em dia parte indissociável não só do processo educacional. Mas também das atividades profissionais que serão desenvolvidas futuramente pelos estudantes (não custa lembrar que, depois da pandemia da covid-19, o formato online passou a ser cada vez mais acessado pelos especialistas).

Leia mais: Medicina EaD? Para algumas disciplinas, sim

Apesar disso, ainda há quem acredite que as metodologias ativas possam, de algum modo, formar alunos passivos e indiferentes ao ambiente que os cercam. Nada mais ilusório.

“As trilhas de aprendizagem colocam o estudante constantemente em situações desafiadoras, que estimulam o pensamento reflexivo e crítico, além de desenvolver habilidades que o tornam capaz de responder ativamente às necessidades de pacientes, organizações e comunidade”, afirma Caroline Capaverde, professora da área de psicologia da Sagah.

A Unit (Universidade Tiradentes), com unidades no Nordeste, é um exemplo de instituição de ensino superior que busca continuamente se atualizar. Há alguns anos, desenvolve cursos híbridos na área da saúde, com a parte teórica virtualizada e atividades práticas presenciais.

Neste ano, a dimensão híbrida da Unit passou a ser aplicada à área de Psicologia com a inserção de objetos de aprendizagem que integram os requisitos obrigatórios da carga horária.

“A princípio, utilizamos a plataforma Sagah para apresentar ao aluno conteúdo generalista e humanista, mas, aos poucos, estamos introduzindo objetos 100% voltados para as matrizes de conhecimento do curso”, “relata Karen Sasaki, gerente acadêmica de EaD da Unit.

Segundo ela, os conteúdos de EaD dão suporte às diferentes estratégias pedagógicas, com unidades disponíveis para o aluno estudar sozinho em casa ou como complemento das atividades presenciais.

“Se dependesse da minha vontade, toda a parte teórica de Psicologia já poderia estar sendo ministrada a distância, sempre respeitando as particularidades da legislação de cada área de aprendizagem”, enfatiza Karen.

Leia mais: As vantagens dos laboratórios virtuais nas graduações de saúde EAD

Cursos de Pós-Graduação 100% online

Os recursos de EaD estão sendo também requisitados nos programas de pós-graduação em Psicologia. É o caso da PUCPR, que lançou, em abril deste ano, dois cursos de extensão – de um lado, Saúde Mental e, de outro, Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.

Cada curso totaliza carga horária de 360 horas a ser desenvolvida ao longo de um ano. No total, mais de 1,5 mil alunos estão matriculados, oriundos de diferentes regiões do Brasil e também de países como Espanha e Itália.  “A aceitação foi excelente”, diz Kleber Candiotto, coordenador de Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.

Ambos os cursos são 100% a distância e utilizam a plataforma Sagah para estimular a interatividade no processo de aprendizagem. Os alunos recorrem, por exemplo, aos smartphones para votar na solução mais adequada para uma situação apresentada em um estudo de caso pelo professor durante a aula.

No projeto Pós-PUC Digital, a Psicologia ainda é uma das áreas menos avançadas – Direito e Negócios, por exemplo, estão mais adiantados, informa Candiotto. É hora, portanto, de recuperar o tempo perdido. “A ferramenta tecnológica é plenamente compatível com o conteúdo de Psicologia, desde que estimule a interação dentro do processo de aprendizagem. Assim, os alunos se sentem estimulados e mais bem orientados”, conclui.

Leia mais: O guia que vai ajudar sua IES a ter um AVA engajador e de qualidade

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.